<$BlogRSDUrl$>

6.4.04

Novas Mitologias do Mundo
A metamorfose
Dá-se sem se dar conta. Lentamente, pode haver uma corrosão que vai dar numa mudança inexplicável de não sei o quê, nem o que se muda, como se muda ou quanto se muda. Se a mudança é boa ou má.
Apenas se sente que o processo está em trânsito para alhures no espaço ou no tempo no interior do nosso ser. Do nosso corpo.
É repousante. Às vezes. Angustiante, outras. Mas sempre em constante movimento. Uma espiral infinita. Sem vertigem. Com vertigem. Confusa, muitas vezes. Não há borboletas prontas para saírem do casulo. Já não há borboletas. Apenas flocos de neve.

Mitos Online:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?